Esse post não tem nada haver com maçonaria ou mitologia e essa imagem d”Olho que tudo vê” só está aí porque vou falar de algo preocupante que me deparei na semana passada. Fui surpreendido no último sábado com uma notificação diferente no meu celular. Para muitos poderia ser uma incrível funcionalidade, mas para mim foi uma invasão de privacidade. Esse post tenta alertar isso.

Bem… estava eu no aniversário da minha sobrinha fotografando o momento do parabéns, quando após algumas fotografias o Messenger para Android exibiu a seguinte notificação

 

Screenshot_2016-01-09-20-08-28
Calma lá! Como você sabe que essa Emanuelle tem interesse na foto? Pior, quem permitiu você olhar as minhas fotos? Os apoiadores da nova feature pode dizer que é um recurso comum no facebook, o reconhecimento facial, mas aqui é um pouco diferente. Quando você upa as imagens para o site você está concordando com tudo isso, mas eu estou no meu aparelho, usando um aplicativo de terceiro, câmera da motorola, e o facebook simplesmente vasculhou minhas fotos para me dizer que talvez alguém tenha interesse nessa foto que acabei de tirar. Não, não quero enviar foto para ninguém, nem quero que você saiba quem estão nas minhas fotos.

Imagina o poder que eles tem nas mãos,  agora é possível mapear a posição de qualquer um em real time. Saber com quem eu estava e quando isso ocorreu. Até quem não tem conta no facebook pode ser monitorado com essa funcionalidade. Já pensou?!

E essa imagem que surgiu nessa semana…

Eu imagino que se essa funcionalidade estivesse no celular do Sean Penn, ele estaria recebendo uma notificação e a NSA também! Brincadeiras a parte, eu acho que é um recurso extremamente invasivo e tem tudo para ser usado por entidades governamentais para rastrear pessoas. Como diria MoTrip,  Guten Morgen NSA!

Informações sobre o novo recurso PhotoMagic do Messenger:
http://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/noticia/2016/01/como-usar-o-facebook-photo-magic-reconhecimento-facial-do-messenger.html

Passo a Passo para desabilitar esse recurso.

  • Nas configurações do app escolher “Fotos e Mídia”.

Screenshot_2016-01-11-16-58-53

  • Photo Magic

Screenshot_2016-01-11-16-59-04

  • Desmarcar o checkbox do “Photo Magic”

 

Screenshot_2016-01-11-16-58-24

Rodrigo Lira,

Estava de passagem pelo hardmob e vi uma promoção interessante no qual um moto E 2ª G era vendido por $370 dilmas. Prontamente abri o site mas me deparei com $498,00.

DICA.: Clique na imagem e veja ela em uma nova janela.

motoe2g

Lendo alguns comentários, eu achei o seguinte procedimento, que permitia o aparecimento do desconto:

“Pra quem não está conseguindo:

1º Com o Chrome já aberto pressione CTRL + SHIFT + N (Incognito)
2º Aperte a tecla F12 e clique no ícone de um Smart na canto direito superior (Se estiver no note FN + F12)
3º Selecione APPLE IPAD, no canto esquerdo superior
4º Aperte F5 pra recarregar a página se não for automático
5º Calcule o frete e coloque o cupom

O valor do tópico é sem o frete, aqui deu 375,12″

Tentei reproduzir os passos no Firefox, sem sucesso. Até porque só depois de abrir o Chromium eu descobri o que seria esse tal ícone de um Smartphone.

Quando abri o Chromium, percebi que os passos descritos pelo usuário fazia com que fosse aberto as “Ferramentas de Desenvolvedor”.  Além disso descobri que o tal Smart era na verdade um Smartphone. Essa ferramenta do navegador do Google permitia emular a requisição de um determinado device.

Por exemplo, eu estou no meu notebook mas consigo fazer uma requisição me passando por um Ipad Mini. Essas informações são passadas na requisição http então não há nenhuma mágica aí, é uma relação de confiança entre o servidor e o browser.

Daí saquei a jogada.  Os e-commerces utilizam a informação do dispositivo do usuário para oferecer descontos.  Nós já sabemos que o histórico de busca e/ou cache de browser e/ou encaminhamento podem interferir no preço do produto, mas aqui o caso é diferente.

Modificando o dispositivo utilizado eu consegui um desconto de quase R$ 60,00. De fato não alcancei o mencionado no fórum, mas isso está relacionado a outras questões (duração da promoção, estoque… ).

Só pra exemplificar algumas requisições com diferentes dispositivos.(REPARE NO CAMPO “DEVICE” NO CANTO ESQUERDO SUPERIOR)

Comprando com um Galaxy SIII (R$ 438,24)

motoe2g4

Comprando com um Ipad Mini (R$ 438,24)

motoe2g2

Comprando com um Laptop com touchscreen (R$ 498,00)

motoe2g3

Fiz ainda algumas modificações com o tipo de conexão utilizada mas, como esperado, o preço do produto não depende disso.

Mais informações sobre a técnica utilizada podem ser encontradas no
https://en.wikipedia.org/wiki/Mobile_device_detection

RL

Um amigo me perguntou se eu sabia fazer a conversão de docs para PDF de forma automatizada no Linux. Eu disse que não mas que podia dar uma pesquisada rapidamente e fazer algo com shell script. Depois de ler algumas páginas do stack overflow e testar diversas formas de fazer a exportação para PDF, eu encontrei o que me pareceu mais legal. A utilização do libreoffice através da linha de comando.

O resultado foi o seguinte:

doc2PDF.sh


#!/bin/bash
#Author: Rodrigo Lira  

EXCLUDE=".pdf|.sh"

TODAY=`date +'%Y%m%d'`
files=`find . | egrep -v "$EXCLUDE"`

echo $files

if [ ! -z "$files" ] 

then	
	for file in $files
	do
#		name=`echo "$file" | awk -F "." '{ print $2 }'`
		echo "Converting $file"
        soffice --headless --convert-to pdf $file
	done

fi

Para minha surpresa, ele disse que na verdade o problema era transformar código fonte, ou seja arquivos de texto para PDF.
Refiz rapidamente o código para utilizar duas outras ferramentas: o enscript e o ps2pdf. O resultado foi o seguinte:

txt2PDF.sh


#!/bin/bash
#Author: Rodrigo Lira  

INCLUDE=".c$|.sh$|.java"

TODAY=`date +'%Y%m%d'`
files=`find . | egrep "$INCLUDE"`

echo $files

if [ ! -z "$files" ] 

then	
	for file in $files
	do
		name=`echo "$file" | awk -F "." '{ print $2 }'`
		echo "Converting $file"
        #soffice --headless --convert-to pdf $file
        enscript -p .${name}.ps ${file}
        ps2pdf .${name}.ps .${name}.pdf
        rm .${name}.ps
	done

fi

Em ambos, o script apenas convertem os arquivos que estão na mesma pasta dele, mas isso pode ser facilmente modificado.

Rodrigo Lira,

“Computing Machinery and Intelligence” é um artigo escrito pelo cientista da computação Alan Turin, considerado o pai da computação e um dos pioneiros da Inteligência Artificial.   No artigo, Turing propõe o jogo chamado o Jogo da Imitação – mesmo nome do filme recém lançado sobre ele – no qual é proposto uma forma para saber se as máquinas podem ser consideradas inteligentes ou não. Além disso, ele relata algumas objeções relacionadas ao tema.

Já li esse artigo há alguns anos quando paguei a cadeira de Inteligência Artificial na graduação, porém hoje, do lado oposto da sala, eu gostaria de fazer o mesmo com os meus alunos e tentar mostrar essa obra prima escrita em 1950.  Encontrei facilmente o artigo escrito por Turing na internet, porém gostaria de ter uma versão em português para aqueles alunos que não tem tanta fluência na língua. Depois de muito procurar, eu encontrei uma resenha no Scribd, não era o que estava procurando mas por enquanto é o que vou manter como referência em português. Assim que tiver tempo, pretendo fazer a minha.

Vou deixar o link para ambos os documentos para alunos e pesquisadores que queiram obter essas versões.

https://dl.dropboxusercontent.com/u/5992545/Blog/MachineIntelligence.pdf

https://dl.dropboxusercontent.com/u/5992545/Blog/ResenhaPaperTuring.docx

http://www.loebner.net/Prizef/TuringArticle.html

 

 

Como eu já disse anteriormente, no ano passado eu tirei a certificação da Microsoft 70-480 (Programming in HTML5 with Javascript and CSS3). Na ocasião, alguns amigos meus estavam estudando para retirar a certificação por conta própria e eu tinha feito um curso pelo Porto Digital. Para ajudar nos estudos deles, eu acabei agrupando todo os conteúdos do curso e uma séria de questões resolvidas.  Lembro de ter estudado por essas questões e ter tido bastante sucesso fazendo isso.  Por isso resolvi disponibilizar todo o conteúdo aqui.

https://www.dropbox.com/sh/hk8bwsl6wq6886e/sb0zq6xiAe

OBS.: Vi que já tinha publicado um link semelhante, mas num post em inglês. Se você já leu o outro então não vai achar nenhuma novidade aqui.


É realmente simples publicar páginas de divulgação de evento utilizando esse projeto desenvolvido pela Brazil JS Foudation. O ConfBoilerPlate permite realizar pequenas modificações num arquivo de configuração e gerar páginas estáticas através do DocPad.

Veja uma página de demonstração gerado pelo projeto:
http://braziljs.github.io/conf-boilerplate/
Por padrão o projeto já sugere as seguintes páginas:

  • Sobre – Em que são mostrados o objetivo do evento.
  • Localização – Em que é mostrado a localização através do Google Maps.
  • Palestrantes – Uma lista de informações dos palestrantes.
  • Agenda – A agenda do evento.
  • Patrocinadores – Página que contempla as marcas que patrocinam o evento.
  • Parceiros – Página para listar os parceiros do evento.

Para mais informações é só entrar no site do projeto no github: https://github.com/braziljs/conf-boilerplate

Segue um vídeo de apresentação que mostra como é fácil gerar uma página de divulgação utilizando o Conf BolerPlate.

 

RL,

Ótima ferramenta para ensinar programação em Android

Tudo feito a partir do Drag e Drop e você ainda pode buildar e rodar direto no seu aparelho.

http://appinventor.mit.edu/explore/

Blue Eyes

Today, I wont talk about tech. I will talk about a interesting brazilian movie which I watched yesterday. Indeed, it is a movie with americans and brazilian actors. Its name is “Olhos Azuis” (Blue Eyes).  Yesterday was a busy day and I was relaxing in front TV while I was waitin’ fall asleep to rest a little but instead of that, I watched that movie. It is a story about the US immigration officer who travel to Pernambuco to find a little girl, an foreing daughter. I don’t want to say spoilers about the movie but it is pretty cool. Actually, Pernambuco is my state so it was an attractive a more and the brazilian guy, I mean the main actor is from here.

RL

Often I have to download mail attachments to save the data.  It is a monkey job but It must to be done. Thank god I found a
app to solve this problem. I’m not expert but this app solve all my needs. I just enter with my password and my username and
booom! It’s all done. It’s simple. If you need downloadattachment, I guess you found out the solution. Take a look!

http://gearmage.com/maildownloader.html

 

Mail Attachment Downloader

If you are using python to find patterns  in filenames, you must use  the glob module.

The glob module finds all the pathnames matching a specified pattern according to the rules used by the Unix shell. No tilde expansion is done, but *?, and character ranges expressed with [] will be correctly matched.

For more information, please see the documentation.

Regards